A humanização da Saúde cuiabana ainda está dando seus primeiros passos

A humanização da Saúde cuiabana ainda está dando seus primeiros passos

- em Cidades
Comentários desativados em A humanização da Saúde cuiabana ainda está dando seus primeiros passos
Reprodução

Emanuel Pinheiro – Prefeito de Cuiabá a respeito do HMC:  “O Hospital Municipal de Cuiabá é um sonho de milhares de cuiabanos, inclusive o meu maior sonho, uma das maiores, senão a maior realização da minha gestão.

Há tempos falamos da inauguração desta obra que será a virada de página da saúde em Cuiabá, a abertura de um novo ciclo. Primeiramente, a entrega do HMC seria em 2019, um presente para os 300 Anos da Capital, mas surgiu então o Programa “Desafio Chave de Ouro” do governo federal, que nos fez acelerar o passo e cumprir todas as determinações em um tempo recorde: dezembro de 2018. Realizamos em apenas três meses o planejado para um ano.

Com muito trabalho, realizado diuturnamente, e com a ajuda do ministro Blairo Maggi e do senador Wellington Fagundes, conquistamos os R$ 100 milhões para o HMC. Foi tudo muito corrido, mas fizemos questão de dar transparência nos atos a cada novo passo que dávamos. Recebemos elogios do Ministério da Saúde pela apresentação do projeto técnico primoroso, aprovado sem ressalvas, e em tempo recorde.

O desafio e os obstáculos eram imensos, mas o amor por Cuiabá é muito maior. Literalmente mesmo “trocando os pneus com o carro em movimento” não deixamos de fazer um planejamento completo do processo de transição da desativação do atual Pronto Socorro de Cuiabá e da ativação para o novo Hospital Municipal que terá o novo pronto-socorro. Todos os requisitos apontados pelos órgãos de controle, tanto o Ministério Público, quanto o Tribunal de Contas do Estado foram rigorosamente contemplados. Apenas não apresentamos porque não nos foram solicitados e tínhamos decidido que iríamos apresentar para a população no momento oportuno, devido à correria intensa e estressante para se cumprir prazos e metas com o objetivo de contemplar Cuiabá no programa “Desafio Chave de Ouro”.

Por se tratar de uma instituição que tem por obrigação salvar vidas, baseados na transparência que é um dos motes da nossa gestão, decidimos que, desde o início, e após muito debate e planejamento técnico, o mais adequado seria promover o funcionamento da unidade através de uma transição imediata, porém gradativa, baseada num Plano de Providências estabelecendo um prazo de 4 a 6 meses para ativação total do novo Hospital Municipal de Cuiabá e seu moderno pronto-socorro que funcionará nas suas dependências com a consequente desativação gradativa do atual Pronto Socorro Municipal.

Com essa atitude, afirmo estar de forma ousada e responsável escrevendo as diretrizes daquilo que será a nova, humanizada e estruturada saúde pública da nossa tricentenária capital.

Mediante toda polêmica envolvendo um sonho de todos nós e que no desejo de zelar e cuidar do que é público, provocou muitos equívocos e desencontros de informações para a justiça, mídia e a sociedade em geral, faz-se, então, necessário esclarecer melhor todo o processo arduamente desenvolvido e ampliar o diálogo para avançarmos muitos passos com todos juntos trabalhando por Cuiabá.

O melhor caminho é o diálogo, a transparência e o respeito aos nossos poderes e instituições.

Tudo por Cuiabá!”

Facebook Comments

Veja também

Ministério da Saúde confirma que Santa Casa não poderia receber emenda de R$ 12 milhões

Como já haviam sido cadastradas 15 propostas beneficiando